Atendimento pelo Whatsapp (47) 99193-9015
Skip to content

FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES DA INDÚSTRIA GRÁFICA, DA COMUNICAÇÃO GRÁFICA E DOS SERVIÇOS GRÁFICOS DO ESTADO DE SANTA CATARINA

menuclear
11 de novembro de 2019

DOIS ANOS DA REFORMA MILAGROSA

Na berlinda Maior mudança nas leis trabalhistas desde a criação da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), em 1943, a reforma trabalhista completa dois anos de vigência nesta segunda-feira (11/11) sem cumprir sua principal promessa: gerar muitos empregos.

Antes dela, o país tinha 12,7 milhões de desempregados, número que caiu muito pouco desde então. Fechou setembro deste ano em 12,5 milhões.

Foram os empregados sem carteira assinada e trabalhando por conta própria que puxaram essa redução, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Em vez de melhorar o ambiente com carteira assinada, não foi o trabalho precário que cresceu sem as contribuições devidas para o sistema de Previdência Social que assegurarão o trabalhador em uma enfermidade ou dificuldade de laborar.

O Sindicato vem fazendo seu papel apesar de também ser prejudicado em suas arrecadações, o trabalhador tem que ter mais consciência dos benefícios que a entidade sindical faz para melhorar o ambiente de trabalho e salarial, todas as conquistas negociadas na Convenção Coletiva de Trabalho.

Na verdade, a união dos trabalhadores representado pelo Sindicato tem muito a contribuir ele é o regulador que negocia entre as partes sem a atuação sindical de mediação há muito desiquilíbrio entre Capital e Trabalho esta é a função das entidades tanto de Trabalhadores como Patronais.     

Só se cria empregos se a economia crescer. A reforma pode ajudar a melhorar o ambiente e diminuir os custos das transações, mas não é ela que vai criar empregos.

Quem quer que tenha falado que teria um aumento significativo no emprego sabe que isso não é verdade. A gente sabe que, em uma economia do tamanho da brasileira, as coisas não acontecem tão rápido.

Como Presidente da Federação dos Trabalhadores da Indústria Gráfica, da Comunicação Gráfica e dos Serviços Gráficos do Estado de Santa Catarina venho trabalhando para melhorar as Convenções Coletivas de Trabalho de todos os Sindicatos filiados.

Blumenau 11.11.2019    

Moacir José Effting. Presidente da FETIGESC.

Parceiros

Contato
    Desenvolvido por: Bsuix.cc